Por onde andei em 2016

Para os mais apressados falar em 2016 já parece um passado muito distante. Mas, não. Vamos com calma porque ainda estamos no dia 9 de Janeiro.

2016 não foi um ano fácil. Para mim e para ninguém! É claro que aconteceram coisas fantásticas e inesquecíveis. Mas, daí eu dizer que foi um ano fácil já é demais.

Read More

Anúncios

Dias de inverno em Lisboa

img_2635

Enquanto o restante da Europa dá boas vindas ao Inverno com temperaturas congelantes, Lisboa mantem-se ensolarada e quase quente, durante o dia o termômetro chega aos 15ºC. Apesar disso, ao contrário dos outros países, as casas em Portugal não contam com aquecimento, o que deixa, às vezes, o ambiente mais gelado do lado de dentro, do que na rua.

Read More

Meu primeiro Youth Exchange na Hungria (Parte 2)

Depois da primeira noite, as atividades começaram cedo na manhã seguinte. Logo no início foi nos apresentado a nossa agenda e os horários das atividades. Eram em média quatro momentos por dia, que variavam entre oficinas, tarefas em equipe, atividades físicas e culturais. A noite, tínhamos a festa intercultural ou livres para interagirmos por lá.

Read More

Meu primeiro Youth Exchange na Hungria (Parte 1)

Opa, pera lá, Youth Exchange? Eu? Sim, personas. 27 anos e ainda posso ser considerado jovem, oras. Este post vem com muito, mas muito atraso mesmo. Esta experiência foi o primeiro momento onde eu comecei a repensar várias coisas, inclusive minha ausência por aqui.

Em abril de 2015, o Dudu me apresentou a YUPI, uma associação para desenvolvimento social e comunitário, com sede em Famalicão. Por meio dela é possível participar de diversos programas, intercâmbios, formações e outras atividades em Portugal e pelo mundo. Depois de um like na página deles, comecei a acompanhar as oportunidades que eles ofereciam e quando vi um intercâmbio para Hungria, com o tema de “Healthy bodies, Healthy minds”, fiquei super empolgado e me inscrevi. Foi preciso fazer uma carta de motivação e contar um pouco da minha relação com o tema. Em seguida aconteceu uma entrevista presencial e, yay, fui selecionado.

Read More

Pelo sim, pelo não.

Mais de quatro meses passaram desde a última vez que fiz um texto por aqui. Não que eu não tenha sentido vontade de escrever ou não tenha preparado nenhum conteúdo. Muito pelo contrário, várias coisas aconteceram de setembro até agora que me fizeram refletir a existência do blog.

Nada radical. Mas, é que num momento onde todos os blogs, sites e canais online se matam por um clique e produzem conteúdo num ritmo industrial, eu comecei a questionar a relevância daquilo que eu vinha produzindo. Pensei sobre criatividade, os temas e até sobre esta necessidade desesperada que temos de estar online.

Oscilei entre manter o blog e deixar ele de lado várias vezes.

Criei este espaço por algumas razões, a primeira delas foi para registrar o que tenho vivido desde que vim para Portugal, com liberdade de criação e sem preocupações disso se tornar um projeto profissional. Nunca pensei em criar um guia ou manual sobre nada. Ainda me falta comer muito “arroz com feijão” para tal. Falo de moda porque gosto, estudo e trabalho com isso há alguns anos. Conto das minhas viagens apenas para compartilhar os lugares que tenho tido a oportunidade de fazer. Escrevo sobre música, filme e outra questões por prazer. Vejo o blog como se fosse um daqueles murais de cortiça, que tínhamos na adolescência e penduramos tudo que ia marcando nossa vida.

Assim, sem grandes preocupações, continuarei por aqui, escrevendo sobre o que eu vivo, gosto e qualquer outra coisa que me faça refletir.

Abraços,

Juan Salomão

DSC05733

Never.

Inspirações reais: Street style europeu

Mexendo nas minhas pastas com fotos das viagens, percebi que tenho muitas fotos de pessoas que vejo com estilo bacana por aí. Sempre fotografo pensando em compartilhar aqui no blog, mas, nem sempre tenho um número significativo para fazer um post. Então, agora, depois de algumas viagens, vi que tenho uma quantidade interessante e que merecem ser publicadas.

As imagens foram feitas em Milão, Veneza, Budapeste, Bordeaux e Beauvais. O legal é que tem fotos de dias escaldantes à dias frios. Então dá uma olhada nessa galera cool que circula por aqui!

Pra mim o trenh coat está para a França, como as Havaianas estão para o Brasil.

Pra mim o trenh coat está para a França, como as Havaianas estão para o Brasil.

Match Lovers

Match Lovers

Juventude

Juventude

Verão de 15ºC <3

Verão de 15ºC ❤

Bike com estilo

Bike com estilo

Foquei no casal, mas o destaque vai para a camisa havaiana e as crocs :X

Foquei no casal verde e rosa, mas o destaque vai para a camisa havaiana e as crocs :X

Jsalomao - Street Style Europeu - Multicity (9) Jsalomao - Street Style Europeu - Multicity (6)

Representando o

Representando o “Terno Italiano”

Elegância nos 40ºC de Milão

Elegância nos 40ºC de Milão

Green Store Braga: Uma opção natural na cidade

Já faz um tempo que eu não faço um post sobre um lugar bacana aqui em Braga. Porém, a rotina tem sido intensa e, às vezes, fica complicado achar um tempo para ir ao centro fotografar. Logo que abriu, eu fui conhecer a Green Store, aqui em Braga. Quem me conhece sabe que cada vez mais tenho buscado uma alimentação mais saudável e produtos que fogem desta indústria louca, né minha gente.

É claro que não é fácil, pois precisamos investir um pouco mais e estar sempre em busca de novidades. Mas, da mesma forma que a gente se empenha pra comer e comprar porcaria, porque não buscar algo mais natural.

Logo na porta a Green Store já chama atenção, isso porque há uma estante com frutas e uma caixinha. Basta você colocar escolher a sua e colocar o dinheiro referente ao preço dela. Tudo assim, na confiança e na amizade. Dei sorte de ser atendido pela proprietária, Andrea Barbosa, no dia que fui até lá. Ela me contou que sempre comprou produtos deste tipo e que por isso decidiu abrir a loja, um segmento ainda muito escasso por aqui.

Green Store - Braga - Outubro 15 (27)

este dia estava chovendo, por isso as frutas estavam do lado de dentro.

Green Store - Braga - Outubro 15 (45)

Green Store - Braga - Outubro 15 (28) Green Store - Braga - Outubro 15 (31)
Green Store - Braga - Outubro 15 (33) Green Store - Braga - Outubro 15 (34)
Green Store - Braga - Outubro 15 (37) Green Store - Braga - Outubro 15 (38)
Green Store - Braga - Outubro 15 (41)

Green Store - Braga - Outubro 15 (47)

Engana-se quem pensa que só há comida por lá. Qualquer produto que seja “amigo do ambiente” é bem-vindo, segundo Andrea. Roupas, cosméticos, acessórios e lembranças de Portugal, que por sinal, agradam muito aos turistas nórdicos e alemães, que são entusiastas deste mercado.

Para completar minha experiência, Andrea preparou um doce delicioso pra mim. Uma tortinha com chocolate e laranja. Sem Glúten e sem açúcar, mas cheia de sabor.

Green Store - Braga - Outubro 15 (51)

Até mais!
Juan Salomão